carro azul escuro com fundo azul claro e uma estrela amarela de cada lado do carro

Seguro Auto

Acionar seguro auto: entenda quando acionar e como funciona

Publicado em
de
November
de
2022
Tempo de leitura
4
minutos

Quando estamos no dia a dia, não paramos para pensar sobre como e quando devo acionar o seguro auto. Mas, quando uma situação de necessidade aparece é a primeira dúvida na mente dos motoristas brasileiros.

Dirigir de forma consciente requer cuidado, atenção e sabedoria. Por mais que você seja um motorista suave, acontecimentos fora do seu controle são possíveis. Bater o carro em um poste, colidir com outro carro, problemas técnicos e por aí vai. É por isso que dizem, você dirige para todos e não apenas para si. 

Pensando nisso, vamos te explicar como você deve agir em caso de acidentes sem vítima no trânsito. Dá uma olhada:

Como saber se devo acionar seguro auto?

Eventualidades acontecem todos os dias. Muitas vezes, não é culpa de ninguém. Mas, quem nunca encontrou alguém dirigindo como se estivesse em um jogo de video-game? De uma forma ou de outra, imprevistos acontecem, e é sempre melhor quando você pode contar com um seguro auto naquela situação.

Não estamos aqui para falar sobre culpa e sim, responsabilidade. Isso significa que, qualquer que seja o motivo, a situação não precisa ser consertada. Nessas horas, o mais importante é ter com quem contar. 

Então, quando não há de fato um acidente, entenda em quais circunstâncias você pode acionar seguro auto da Justos. Confira:

Pequenos danos

A primeira situação que pode levar a acionar seguro auto é quando algo deixa de funcionar. Por exemplo, um farol quebrado, problema no ar condicionado ou lanterna fraca. Esses são pequenos estragos. 

Por isso, compensa mais acionar um mecânico de confiança e fazer um orçamento. Isso porque devido aos danos, o valor pode acabar saindo mais barato do que a franquia.

Assistência técnica

O segundo cenário onde a dúvida sobre acionar seguro auto pode surgir é mais técnico. Se seu carro parou no meio da avenida, deu pane elétrica ou qualquer outro problema similar. Em casos como esse, você pode e deve acionar a Justos.

Isso porque são particularidades mais caras que podem ter a ver apenas com o carro. O seguro auto foi feito, justamente, para te socorrer nessas horas. Além disso, acionando a Justos em casos de assistência e não de sinistro de fato, você não perde a sua classe de bônus.

Explicamos um pouco mais sobre esse assunto no canal da Justos, confira:

Em caso de acidentes, quando acionar seguro auto?

Em caso de acidente, tenha calma, pois a primeira coisa a se fazer é verificar se todos estão bem. Só depois disso, pense nos detalhes do que aconteceu. Aqui, vamos te explicar como prosseguir nesse tipo de situação.

Acidente por terceiros

Em um acidente causado por outro motorista, você não deve acionar seguro auto de primeira. Isso porque é justo que a outra pessoa se responsabilize pela situação. Ou seja, o outro motorista arca com os custos. Uma vez que isso foi esclarecido, agora é necessário saber se esse terceiro possui um seguro. 

Se a resposta for sim, ele deve acionar seguro auto dele para que eles cubram os reparos no seu carro. Já se a resposta for não, isso significa que ele precisa bancar os reparos de forma particular. É claro que tudo é resolvido em comum acordo e de forma amigável.

Porém, uma terceira possibilidade existe e é a mais desconfortável. O motorista que causou o acidente se recusa a cobrir os danos causados no seu veículo. Tendo seguro ou não. Se isso acontecer com você (esperamos que não), ainda existe solução. 

É aqui que a resposta sobre acionar seguro auto vira positiva. A Justos garante que uma análise judicial seja feita, para cobrar os custos da pessoa responsável. 

Embora seja delicado, o importante é que você está assegurado que o justo será feito.

Acidente por sua responsabilidade

Embora nossa recomendação seja para que você faça o possível e o impossível para dirigir bem, acidentes podem acontecer. Desatenção, dirigir em um lugar que nunca esteve antes ou atraso. A lista de motivos pode ser longa.

Então, se o acidente foi causado por você é importante entender que a responsabilidade é sua. Isso é o justo. 

Em caso de danos mínimos, existem algumas possibilidades sobre acionar seguro auto. Você pode cobrir os custos do outro motorista ou você pode nos acionar. Tanto para cobertura do seu veículo quanto para o veículo de terceiros envolvidos no acidente. Mas, não se esqueça de comparar os valores do reparo com o preço da sua franquia.

Agora, se os danos forem maiores para ambos os motoristas é necessário acionar seguro auto. Não pense duas vezes. Registre o imprevisto, pague a franquia e todo o suporte será dado pelo seguro. Tanto para o seu veículo quanto para os demais atingidos. Isso também vale caso o seu carro saia intacto e o outro veículo não. Nesses casos, você não paga a franquia.  

Como funcionam as franquias de um seguro?

Até aqui, te explicamos todos os cenários e como agir em cada um deles. Mas, quando se trata de acionar seguro auto, é importante que você entenda sobre sua franquia. 

Ao contratar um seguro, você escolhe o valor de franquia. Em outras palavras, é um valor acordado com a seguradora na contratação do plano. Esse valor é o que deve ser pago pelo motorista sempre que precisar acionar seguro auto. Isso vai acontecer sempre que você tiver um sinistro, ou melhor, imprevisto. 

Se, por exemplo, digamos que a franquia do seu seguro for no valor de R$2.000,00. Você acabou batendo em outro veículo, deu uma leve arranhada na sua lataria. Só que, nada de grave aconteceu com o outro carro. 

Se para arrumar esse arranhão, o valor for maior que os R$2.000,00 significa que você deve pagar a franquia e o seu plano de seguro cobre o resto. Porém, se o caso for contrário é mais simples e justo que você pague do seu próprio bolso. 

Existem quatro tipos de franquias, elas são:

Básica

A seguradora define o valor da sua franquia, se baseando no preço do contrato do seguro. É o tipo mais comum. 

Ampliada 

Você mesmo escolhe pagar um valor maior na franquia. Isso é feito para baratear a apólice (o contrato do plano).

Reduzida

O exato contrário do anterior. Você escolhe pagar menos na franquia, mas aumenta o valor do plano. 

Isenta

A seguradora não cobra franquia. Só que esse tipo de franquia é raro, acontece em situações específicas e não estão disponíveis para a escolha do cliente. 

Ficou alguma dúvida sobre como acionar seguro auto? Fale com a Justos nas redes sociais! Vale lembrar que quando você está com um seguro auto Justos, você nunca fica na mão e nem a pé.

#tmj 🤙

Os mais lidos

Cultura

Quer fazer parte do futuro dos seguros?

Nosso propósito é criar um mundo mais seguro e justo, tornando os seguros mais simples, rápidos e universalmente acessíveís.

Ver vagas